segunda-feira, 16 de fevereiro de 2009

Clássico irado

Vovó sempre disse que é preciso comportar-se quando chegava visita!
“E se você é a visita, deve se comportar ainda mais, pois está na casa dos outros!”
A fórmula era simples!

Visitantes corintianos no Estádio do Morumbi não souberam controlar-se. Brigas, ameaças e bombas de efeito moral, da Polícia, que só causou mais confusão.
Diretoria do Corinthians afirma que foi a bomba que quebrou o clima de calmaria existente durante toda a partida.
Mas, do lado de fora, era possível ver um paredão de homens que defendiam seu timão, anunciava em melodia: “A violência voltou!”.

Não se justifica, mas será que ninguém esperava uma reação ao forte esquema montado pelo São Paulo para receber os oponentes? Será que o corte de ingressos (somente 10% foram destinados aos visitantes) é mesmo a solução para o fim da violência dentro de campo? E fora das quatro linhas, a pancadaria pode rolar?
E há quem defenda ainda o corte no percentual de ingressos oferecidos, nesses casos, para 5%.
Será que resolve?

4 comentários:

Arnaldo disse...

Eli,

Nesse caso, tem culpado em tudo que é canto.

A diretoria do São Paulo foi, pelo menos arrogante, embora estivesse absolutamente dentro da lei. Mesmo assim, poderia ter sido mais diplomática e oferecido 20 ou 25% dos ingressos à torcida contrária.

A polícia foi ineficiente, como sempre, já que deveria estar mais preparada para tratar esse tipo de problema.

Os jogadores (não só desses dois times e não só nesse jogo), cada vez mais, estão se comportando com muita fúria, como se disputassem uma guerra e não uma partida de futebol, afinal, um esporte.

A justice brasileira, que não pune as pessoas (são absolutamente conhecidas) que incentivam e organizam os vandalismos das torcidas organizadas.

Uma grande parte da mídia, que alimentou, durante a semana um clima de guerra, para vender mais jornal.

A diretoria do Corinthians, a meu ver, a maior vilã desta história, que durante a semana incentivou o clima de guerra e distribuiu metade dos ingressos gratuitamente para a torcida organizada.

Torcida organizada, seja de que time for, é a maior excrescência do futebol. São indivíduos motivados por um comportamento absolutamente não esportivo, conduta deplorável, verdadeiros bandidos. Essa gente deveria estar na cadeia, já que são conhecidos de todos.

eLi disse...

Culpados não faltam.
A mídia ajudou mesmo a criar o ringue para o confronto.
O timão poderia mostrar bom comportamento e fazer-se merecedor de mais porcentagem nas cadeiras.
Já sobre a justiça...bem, é um problema à parte. É muita inocência, e até ignorância, tratar certos eventos, sem o menor resguardo, diante da confusões que já eram previstas.

E perde o esporte. E muito!

Abraço, Arnaldo.

Vanessa Dantas disse...

O Arnaldo disse tudo! Da arrogãncia da diretoria do São Paulo, dos jornais, das torcidas organizadas...

É lamentável pensar que falta muito pouco para não podermos mais assistir aos clássicos...

Beijo.

eLi disse...

É, Vanessa...isso não tem sentido!

Beijo