quinta-feira, 23 de julho de 2009

Não reagente

Todo semestre é uma luta no laboratório de exames.
Desde que quis viver de acordo com o que é naturalmente orientado,
Conheceu também certo riscos.
Ganhou medos e mais precauções.

Janelas imunológicas,
Contatos de risco,
Preservativos que faltaram ou não foram eficazes.

Escolhas e consequências,
Culpas e ansiedade.
Cogitações, possibilidades.

No fim, diante da mesa,
O resultado é um só.
Só pode ser um.
Negativo de novo.

E o alívio retorna,
A vida retorna,
A saúde.
Pelo menos até o próximo teste.

4 comentários:

Ives Nelson disse...

Esse círculo vicioso, chega até ser cômico. E me identifiquei muito com esse texto, desde que fiz estágio num laboratório de microbiologia durante 3 anos, adquiri uma certa paranóia com microorganismo, e também a terrível e angustiante ablutomania (mania de lavar as mãos e tomar banho repetidamente) da qual estou tentando me livrar... =/

PS.: Gosto dos teus longos comentários.

Abração Eli...

eLi disse...

É nessas horas que vemos como nossa mente é perigosa e poderosa!

Abração, Ives!

Jairo Souza disse...

UI! Q stress! Bem sutil o texto hein!

eLi disse...

É, Jairo, diante do trauma que é vivido, o texto soa mesmo suave.

Abração!