segunda-feira, 29 de junho de 2009

Disputa no condomínio

Dia de reunião de condomínio é uma guerra.
Em eleição de síndico, então, a coisa fica séria.
É quando se vê uma legião de donos de apartamento,
Querendo se livrar de suas mensalidades,
E viver a vida de “isento” de síndico.
Mas, atolados em dívidas de condomínio atrasado,
Nem candidatos podem ser.

Para quem não se elegeu,
Fica ainda o objetivo
De até tirar o cargo de faxineiro ou zelador,
E tomá-lo para si,
Diante da estabilidade que há no ofício.
Visto nos valores discriminados todo o mês ao prédio.

Para o assalariado, que pouco sempre teve,
Parece ter sido mais fácil investir em sua casa, carro,
E formação básica para os filhos, que hoje estão todos empregados.

Já os “bem de vida”,
Diante do quase nada que conseguem manter atualmente,
Colocam os olhos no salário do funcionário bem pago do prédio.
É questão de sobrevivência.
É quando se pensa que vale tudo.
Desempregar o empregado,
E empregar a si mesmo.

6 comentários:

Ives Nelson disse...

Darwinismo Social (bulshit!) invertendo as suas próprias polaridades...

Abração Eli!

eLi disse...

Muitos dizem também que é a famosa (e clichê) crise mundial!

Abração, super Ives!

Jairo Souza disse...

É mt mesquinharia em reunião de condomínio!

eLi disse...

Nem fale.
Puxar tapete de apartamento alheio é pouca coisa. É um show de baixaria mesmo.

Abração.

Piettro disse...

Salve, salve, Salve! Nosso Colunista. Quero parabenizá-lo por essa iniciativa. Como todos perceberam sou novato por aqui, é a primeira vex que entro para...Enfim deixa pra...Gostaria de abrir esse espaço com uma novidade: Voces sabiam que em São Vicente, agora tem, uma Associação GLBT para "dar", oferecer assistência psicologica, juridica e terapeutica. Que voces pensam a respeito?

eLi disse...

Hey, Piettro! Legal sua dica.
Obrigado pela visita.
Eu acredito que conheço esse trabalho feito em SV. Cheguei a entrevistar a diretoria da Associação Vida e Esperança, logo que foi lançada.

Abração, volte sempre!